Flora diz que João de Deus está “desesperado” após áudios vazarem

A divulgação de áudios em que o ex-deputado  João de Deus ( PT) fala sobre a disputa política na cidade de José de Freitas repercutiu no PT. Segundo os áudios, o ex-líder do governo na Assembleia legislativa dá a entender que obras serão usadas na campanha.

Ele fala  da disputa com a deputada Flora Isabel. Nos áudios João de Deus diz que a secretaria de Assitência Social de José de Freitas, Fátima Pinto, daria assistência às vítimas das chuvas na cidade para beneficiar Flora.

Para Flora, João de Deus demonstrou desespero. “Fui a deputada mais votada da base do governo em 2014. Isso incomodou muita gente, inclusive o deputado João de Deus, que é de José de Freitas e não consegue ter uma votação maior que a minha. Achei uma declaração muito leviana”, destacou.

Ela afirma que cabe a João de Deus apresentar explicações. “As pessoas me conhecem e sabem do meu trabalho. Isso é uma disputa de véspera de eleição. Não tratei com ele sobre o áudio. Eu trato trabalhando. Eu sou deputada e João de Deus é um ex-deputado. Sempre nos respeitamos no plenário. Agora na véspera de eleição ele ficou desesperado. Ele é quem tem que se posicionar”, declarou.

Flora saiu em defesa da secretaria do município Fátima Pinto. “José de Freitas passou por uma situação de tragédia onde a prefeitura teve que fazer a assistência como dever de ofício. A distribuição de colchões foi dada por um conselho comunitário. No Conselho fazem parte tanto os vereadores de situação quanto da oposição. De uma forma transparente, quero dizer para vocês que ao longo desses quatro mandatos de deputada sempre fui muito mais votada em José de Freitas. A secretaria Fátima Pinto é uma mulher honrada e séria”, defendeu.

Em trecho do áudio, João de Deus chega a falar que obras de calçamento do Governo do Estado na cidade poderiam ajuda-lo a crescer na pesquisas. O deputado Robert Rios  (DEM) diz que vai levar o caso ao Ministério Público Federal.

João de Deus se defende

João de Deus nega ter cometido crime. Ele afirma estar tranquilo e diz ser natural esperar ter uma boa votação ao levar obras para a cidade. “Lamento profundamente que existam pessoas com a tentativa de deturpar  uma análise que fazia de uma pesquisa que saio bem pontuado. José de Freitas é meu município natal. Minha mãe mora lá. É a cidade que trato com todo carinho porque é a minha cidade. Esse áudio eu mandei para um grupo de amigos muito próximo e lamento o vazamento. O áudio diz que eu faço uma análise porque eu apareço bem nas pesquisas e a deputada Flora Izabel também. É muito natural que quando você faz obras para um município, apareça bem nas pesquisas”, declarou.

Em sua defesa, João de Deus chega a citar o senador Ciro Nogueira. “A obra da comunicade da Ema começou dentro dos prazos da lei. É normal você falar que vai ter uma visibilidade maior em uma obra que está colocando na rua. O Ciro é tido como a pessoa que mais traz obras para o Piauí. Tem algum mal nisso? Isso merece aplausos de todos nós. Levar obra para seu município é natural. Não pode ter reprovação. Você espera estar bem com a população”, destacou.

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com 

 

Comentários no Facebook