Palmeiras usa bom momento para tentar reverter vantagem do Cruzeiro

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

ALBERTO NOGUEIRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Time com a missão mais complicada na semifinal da Copa do Brasil, mas vivendo clima muito mais favorável do que os rivais em razão do desempenho em outras competições, o Palmeiras enfrenta o Cruzeiro nesta quarta (26), às 21h45, no Mineirão.

Derrotado pela equipe mineira em casa no jogo de ida por 1 a 0, o clube alviverde precisa vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga sem a necessidade de pênaltis.

O Palmeiras, diferentemente do rival e dos outros semifinalistas, Corinthians e Flamengo, é o único com chances reais de título na Copa do Brasil, na Libertadores e no Campeonato Brasileiro.

“Temos que ganhar uma competição, Brasileiro, Libertadores ou Copa do Brasil. Sonhamos com as quatro [as três mais o Mundial], mas primeiro temos que dar o passo para chegar em alguma”, disse o técnico Luiz Felipe Scolari após vencer o Sport no domingo (23) e alcançar a vice-liderança do Nacional, a um ponto do líder São Paulo.

A estratégia do treinador para estar vivo nas três competições é rodar o elenco. No Brasileiro, os reservas têm conseguido os resultados que levaram o Palmeiras ao segundo lugar, o que possibilita ao treinador poupar os titulares para os jogos eliminatórios.

O elenco tem mostrado desde a chegada da atual comissão técnica, no final de julho, que é o mais preparado para enfrentar o inchado calendário brasileiro. Foram 16 jogos nos três torneios (10 vitórias, 4 empates e 2 derrotas), um aproveitamento de 70%.

Na Libertadores, considerada prioridade, a vaga na semifinal está bem encaminhada graças ao triunfo no jogo de ida por 2 a 0 sobre o Colo-Colo, no Chile, na quinta (20).

Já o Cruzeiro, apesar da vantagem na Copa do Brasil, complicou-se na competição sul-americana ao ser derrotado no primeiro jogo das quartas de final por 2 a 0 pelo Boca Juniors, em La Bombonera.

A chance de título no Brasileiro é praticamente nula. A equipe ocupa a sétima posição com 37 pontos, 14 a menos do que o líder São Paulo. Como o Palmeiras, o time tem poupado atletas na competição.

O foco no momento é eliminar o Palmeiras, para depois pensar na Libertadores. Para isso, os mineiros se agarram ao esquema de jogo.

O time dirigido por Mano Menezes é um dos mais fiéis do país à proposta de jogar recuado, com linhas compactas, à espera de uma oportunidade para contra-atacar. Foi assim que marcou seu gol e venceu o Palmeiras no Allianz Parque.

Em casa, o clube mineiro terá um visitante complicado. Sob o comando de Felipão, o Palmeiras está invicto fora de seus domínios: são 9 jogos, com 5 vitórias e 4 empates (70% de aproveitamento).

CRUZEIRO
Fábio; Romero, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves, Robinho, Rafinha (Arrascaeta); Barcos. T.: Mano Menezes
PALMEIRAS
Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Moisés; Willian, Borja, Dudu. T.: Luiz Felipe Scolari
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Horário: 21h45 desta quarta
Juiz: Wagner Magalhães
cidadeverde.com

Comentários no Facebook