“É excesso, desnecessário”, diz Firmino sobre quebradeira no PSDB


O prefeito Firmino Filho reclamou da postura de manifestantes que depredaram a sede do PSDB em Teresina, durante protesto no início da noite desta terça-feira (09/01), contra o reajuste da tarifa de ônibus.

“Tudo tem limite. Não faz sentido transformar uma manifestação em quebra-quebra. É excesso, desnecessário”, disse.

O prefeito afirmou ainda que graças ao reajuste, o subsídio que bancava a o congelamento deve cair pela metade, desonerando as contas públicas em tempos de crise. Sem o reajuste, dinheiro que poderia ir para investimentos seria retirado dos cofres da PMT para bancar mais um ano de congelamento.

“Buscamos reduzir a proposta aprovada originalmente [pelo Conselho de Transporte] para não termos um aumento significativo. Estamos fazendo o que é necessário para que o sistema continue a andar”, ressalta Firmino.

Fonte: 180graus,com

Comentários no Facebook