Chico Lucas é tentado a ser candidato

Chico Lucas, presidente da OAB-PI: convites para ser candidato a um cargo público nas eleições de outubro

 

Se perguntado diretamente sobre a possibilidade de ser candidato nas eleições de outubro, o presidente da OAB-Piauí, Chico Lucas, não deixa dúvidas. Ele responde com um claro e inequívoco “não”. Mas não passa um dia sem que o presidente da Ordem dos Advogados no Piauí receba uma nova estocada, uma insinuação, um quase-convite. Tem muita gente querendo que ele seja candidato.

Nas andanças que faz pelo interior nos eventos da OAB, Chico se porta como se candidato fosse. Interage com o povo, abraça as pessoas, beija crianças. Em geral, os abraçados não são advogados. E como se sabe que não será candidato a nada na eleição deste ano na OAB, a conduta tem cheiro de candidatura partidária.

O detalhe é que o nome do presidente da Ordem é festejado em diversas áreas. Tem peixe grande no Estado com jeito de padrinho de Chico – neste caso a uma vaga na Assembleia Legislativa. E tem gente graúda com vínculos no Palácio da Cidade que cita o nome do advogado até mesmo para uma disputa majoritária. Ele estaria dentro do “perfil do novo” defendido pelo prefeito Firmino Filho.

A citação do nome de Chico Lucas para uma disputa majoritária é desdenhada por muitos. Vale lembrar, também foi desdenhado há três anos, quando colocou-se como alternativa à sucessão de William Guimarães no comando da OAB. Apesar dos desdéns e improbabilidade, terminou candidato e, ao final, vitorioso.

Se Chico Lucas vai mesmo embarcar na aventura eleitoral em outubro, os sinais poderão ser vistos bem antes. O primeiro é o prazo final para filiação partidária. Se quiser manter em aberto a possibilidade de disputar um cargo público, terá que se filiar a uma sigla até fins de março. Se isso ocorrer, teremos bem mais que especulações e desdéns.

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here